• Portugues
  • English
  • Spanish

Coletivo Jovem Albatroz apresenta trabalhos acadêmicos durante o evento Diálogos pela Cultura Oceânica

Design sem nome (6)

Resumos promoveram reflexões sobre a importância de iniciativas como o Programa Albatroz na Escola e as intervenções nas redes sociais para a valorização do oceano

Com uma programação extensa de atividades voltadas à produção de conhecimento, divulgação e valorização do oceano, o evento Diálogos da Cultura Oceânica, organizado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e outras instituições locais, chegou a Santos (SP), reunindo centenas de pessoas em palestras, oficinas, mesas redondas, atividades educativas e culturais entre os dias 10 e 15 de outubro. O Coletivo Jovem Albatroz, espaço de formação de jovens lideranças na conservação marinha e costeira do Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, marcou presença com a participação em discussões voltadas à juventude e com a apresentação de resumos científicos.

Um dos resumos submetidos e aprovados pelas comissões do evento diz respeito ao trabalho do Programa de Educação Ambiental Marinha ‘Albatroz na Escola’ (PAE). Criado em 2011, ele tem o objetivo sensibilizar educadores e educandos para a conservação de Albatrozes e Petréis e dos ecossistemas costeiros e marinhos como um todo, atendendo todos os anos escolares, da Educação Infantil ao Ensino Médio e Educação para Jovens e Adultos/EJA nas regiões da Baixada Santista, São Paulo e Região dos Lagos, Rio de Janeiro.

Em 2020, o PAE ganhou uma versão EaD, visando a formação interdisciplinar de educadores com foco na Década do Oceano e propõe atividades e conteúdos de Educação Ambiental Marinha para serem aplicados em sala de aula, utilizando material didático elaborado exclusivamente para este programa. De 2020 até o momento, o programa atendeu 197 educadores e 6.866 educandos.

Redes sociais na cultura oceânica

Durante a pandemia, o Coletivo Jovem Albatroz abriu, pela primeira vez, inscrições para jovens de todo o país participarem de forma remota de suas formações educativas. Uma delas foi “Década do Oceano: a juventude na transformação da sociedade”, que promoveu a discussão sobre o papel das juventudes na conservação do oceano e a manutenção da vida na Terra. 

Para isto, os jovens foram conduzidos a criar uma intervenção educadora de caráter ambientalista, denominada Mínima/máxima Intervenção Possível (MIP). O resultado foi uma série de três vídeos em formato reels no Instagram, chamada #AFETOoceano, que provocou reflexões sobre os diferentes significados da palavra “afeto”, que pode ser entendido como nos conectamos com o ambiente marinho, de forma afetiva, ou de que forma nossas ações o afetarão. 

Na época, o CJA optou por usar a plataforma de vídeo do Instagram pela facilidade de viralização do conteúdo entre o público jovem que utiliza a rede diariamente. Durante a construção dos vídeos, os jovens levaram em consideração aspectos como: acessibilidade e identificação com o material produzido. Para isso, foram utilizadas imagens autorais, narradores de diferentes regiões do país, abrangendo diversos sotaques, além de utilizar legendas e o recurso #PraTodosVerem. Os vídeos foram visualizados mais de 16 mil vezes, podendo demonstrar o potencial de alcance da utilização de ferramentas como as redes sociais para a divulgação da cultura oceânica, sobretudo durante a pandemia.

Fórum InterGAMs

Além da apresentação de trabalhos, o Coletivo Jovem Albatroz também participou de atividades e com a juventude de outras regiões do Brasil para pensar a mobilização em prol do oceano e de sua biodiversidade. Na quinta-feira (13), o Fórum InterGAMs teve como objetivo reunir pela primeira vez os membros de diversas regiões do Brasil para construir estratégias que fortaleçam ações e planos de comunicação dos GAMs.

No evento, o Coletivo Jovem Albatroz foi representado pela educadora ambiental Thaís Lopes no Grupo de Mobilização Jovem à Década do Oceano (GAM Jovem), ligado ao Comitê de Assessoramento da Década, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, desde seu lançamento em 2021. Além do GAM Jovem, existem outros cinco GAMs voltados a cada uma das regiões do Brasil. Cada um deles desenvolve estratégias de divulgação e compartilhamento de informações sobre temas incluídos nos objetivos da Década do Oceano, gerando mobilização e engajamento dentro de seus territórios. 

Já na sexta-feira (14), foi realizado o fórum do Dia da Cultura Oceânica, com intuito de formalizar essa data para comemoração nos anos seguintes. Para isso, foi feito um convite ao público geral para assistir a apresentação do plano geral de ação criado pelos jovens e avaliar de que forma as estratégias estão alinhadas com as metas da Década do Oceano. 

Para Thaís Lopes, que também é responsável pelo Coletivo Jovem Albatroz, o fórum facilitou a criação de uma base sólida de estratégias para as ações dos GAMs a nível nacional: “de forma conjunta, pudemos avaliar as particularidades de cada região do país e traçar ações que nos permitirão envolver a juventude em torno da divulgação dos valores e metas da Década do Oceano, atuando em forma de rede com os GAMs de todo o Brasil”.

Sobre o Coletivo Jovem Albatroz

Criado em 2015, o Coletivo Jovem Albatroz é um espaço de formação de jovens lideranças na conservação marinha e costeira de 18 a 29 anos de todo o Brasil. Neste processo educador, os jovens são protagonistas, propondo e realizando projetos de intervenção para a transformação da realidade. Os integrantes do Coletivo realizam diversos cursos, oficinas e visitas técnicas; participam ativamente de reuniões de órgãos colegiados para criação de políticas públicas; e marcam presença em eventos ligados à Juventude e Meio Ambiente, apresentando suas experiências.

 

Design sem nome (5)

Leia mais

+ Notícias

Foto Wisdom

Wisdom, a albatroz mais longeva já registrada, ret...

A albatroz-de-Laysan tem mais de 70 anos. Espécie é uma das mais afetadas pela poluição do oceano e ...

15/12/2022

15/12/2022 Leia mais
Planacap

Reunião anual de monitoria do PLANACAP deu destaqu...

Encontro também contou com a participação de um representante do setor pesqueiro, e traçou planos pa...

13/12/2022

13/12/2022 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais