• Portugues
  • English
  • Spanish

Workshop internacional do Common Oceans Tuna Project será realizado na base do Projeto Albatroz em Cabo Frio

Foto Noti?cias_Workshop internacional

Pesquisadores brasileiros e estrangeiros, representantes do governo e organizações ambientais se reunirão nos dias 14 e 15 de dezembro com o Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, e a Birdlife International (África do Sul) para o workshop do Common Oceans Tuna Project. O encontro será realizado na base mantida pelo Projeto na cidade de Cabo Frio (RJ). Nele, serão apresentadas informações recentes sobre a captura de albatrozes e petréis, além da criação de uma base de dados global sobre o assunto.

Implementado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o projeto tem o objetivo de atingir eficiência e sustentabilidade na produção de atum e conservação da biodiversidade nas Áreas Além da Jurisdição Nacional (ABNJ), através de uma abordagem ecossistêmica na pesca deste peixe.

O workshop será conduzido pela coordenadora geral do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, e o representante da Birdlife International (África do Sul), Ross Wanless. Serão apresentados nas palestras os dados mais recentes sobre o panorama da captura incidental de aves marinhas nos âmbitos global e nacional; além de iniciativas internacionais e regulamentos brasileiros.

Também será discutida a importância de informar dados confiáveis sobre capturas incidentais de aves marinhas e analisar as possíveis soluções para garantir que as informações sejam coletadas de diferentes fontes de dados, a fim de que o Brasil participe da Avaliação Global de Plumagem de Aves Marinhas, que será realizada no ano que vem.

Entre os participantes do evento, haverá membros do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Birdlife International, Projeto Albatroz, Projeto Tamar, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Aves Silvestres (Cemave), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria de Pesca, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), entre outros.

Segundo Tatiana Neves, o evento vai reunir mais subsídios para contribuir com o trabalho de conservação de albatrozes e petréis. “É importante realizar este workshop aqui porque ele vai promover a união de esforços de diversas organizações e pessoas, tanto do governo quanto de instituições e academia, visando juntar em uma única base de dados todas as informações geradas até hoje sobre a captura incidental destas aves no Brasil”, explica.

“Dessa forma, nós poderemos realizar estudos com estatísticas mais consistentes para compreender a realidade da situação de conservação destas espécies de aves, não só no Brasil, mas também em todo o Oceano Atlântico Sul Ocidental”.


Leia mais

+ Notícias

128896104_3468327076549781_3838159626712819130_o

Aos 70 anos, a albatroz Wisdom retorna ao Atol de ...

 Considerada a ave mais longeva do mundo, a albatroz-de-laysan reencontrou seu parceiro em novembro e já cuida de seu novo ovoDo inglês, o nome de Wisdom signifi...

18/12/2020 Leia mais
R3 Animal, Projeto Albatroz e ICMBio

Projeto Albatroz e ICMBio assinam acordo para coor...

Termo também prevê a implementação da curadoria do Banco Nacional de Amostras Biológicas de Albatrozes e Petréis em parceria com o órgão federalFoi assinado esta...

17/12/2020 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais