• Portugues
  • English
  • Spanish

Série de vídeos ‘Albatroz Responde’ introduz o público ao universo das aves oceânicas

Foto Notícias_Albatroz Responde

No total, são dez episódios que respondem às principais perguntas sobre a vida e biologia dos albatrozes e petréis

Onde vivem? Do que se alimentam? Como se reproduzem? Essas são apenas algumas das perguntas que surgem na mente do público geral quando ouvem falar sobre albatrozes e petréis, aves oceânicas que vivem a maior parte da vida em alto-mar ou em ilhas remotas que são verdadeiros santuários reprodutivos. Por esses motivos, muitos nunca avistaram uma ave como essa e querem saber mais sobre sua biologia e sobrevivência. Para aproximar o público da realidade das aves, o Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, criou a série de vídeos ‘Albatroz Responde’.

No total, são dez episódios curtos, com no máximo cinco minutos, que trazem informações valiosas sobre as aves com linguagem simples e explicações didáticas. O primeiro episódio, ‘De onde vêm os albatrozes’, já está disponível no YouTube e também no Instagram do Projeto.

Os episódios têm a participação da fundadora e coordenadora geral do Projeto Albatroz, a bióloga e mestre em oceanografia biológica, Tatiana Neves. Nas próximas semanas, ainda serão lançados novos episódios explicando sobre as ameaças à sobrevivência das aves, como identificá-las, como se alimentam, como se reproduzem, como voam, medidas mitigadoras da captura, o que fazem, o que são, biodiversidade e quantos albatrozes e petréis existem.

Para Tatiana, a série de vídeos é importante para sensibilizar as pessoas sobre a importância da ave para a biodiversidade e também para a conservação dos oceanos. “A década de 2021 a 2030 foi considerada pela ONU como a década dos oceanos, para que todos possam refletir sobre sua importância para o planeta e saber como contribuir para a sua conservação”, explica. “Além de fonte de alimento para diversas aves marinhas, os oceanos também são fonte de alimento para nós e o pulmão do planeta”.

30 anos em prol da conservação marinha

A criação e veiculação destes vídeos faz parte da comemoração das três décadas de trabalho do Projeto Albatroz em prol de albatrozes e petréis e também da conservação marinha como um todo. Criado em 1990, em Santos (SP), a instituição hoje é referência em educação ambiental, pesquisas e colaboração em políticas públicas nacionais e internacionais sobre o tema.

Desde 2012, o Albatroz é membro da Rede Biomar, grupo composto pelos Projetos Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador, Meros do Brasil e Tamar, patrocinados pela Petrobras e que, juntos, desenvolvem ações pela conservação da biodiversidade marinha.


Leia mais

+ Notícias

Foto_notícia (3)

Dia Mundial do Albatroz alerta para as consequênci...

Data deste ano chama atenção para duas espécies do Hemisfério Norte: albatroz-de-laysan e albatroz-d...

10/06/2022

10/06/2022 Leia mais
WhatsApp Image 2022-06-14 at 14.15.40

Educadores ambientais da Rede Biomar dão início a ...

Evento organizado pelo Projeto Coral Vivo deu início ao PPP focado na Educação InfantilReferência na...

09/06/2022

09/06/2022 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais