• Portugues
  • English
  • Spanish

Projeto Albatroz contribui com as redes de educação ambiental REABS e a REPEA

Foto Noti?cias_Projeto Albatroz contribui com as redes de educa??o ambiental REABS e a REPEA

Grupos trabalham em prol da construção de uma cultura de sociedade sustentável nos níveis regional e estadual

A união faz a força. Na educação ambiental esta máxima não poderia fazer mais sentido. Para amplificar sua mensagem de conservação marinha e também fortalecer outras iniciativas, desde 2010, o Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, participa de redes voltadas à educação, como a Rede de Educação Ambiental da Baixada Santista (REABS) e a Rede Paulista de Educação Ambiental (REPEA).

A REABS, por exemplo, nasceu em 2003 e é representada pelos nove municípios da região metropolitana da Baixada Santista: Bertioga, Guarujá, Santos, Cubatão, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. Ela é composta por integrantes que buscam a construção de uma cultura de sociedade sustentável, visando à melhoria da qualidade de vida e conservação ambiental local - ideais compartilhados pelo Projeto Albatroz.

Assim como as demais redes, é gerenciada espontaneamente por seus elos, que dividem tarefas de forma democrática, promovendo a interação entre educadores ambientais. Um dos objetivos da rede é o compartilhamento de conhecimentos relacionados ao exercício da educação ambiental. Além disso, realizam a institucionalização de políticas públicas, contribuindo para uma maior visibilidade de projetos e experiências da área, como é o caso do Projeto Albatroz.

“Quando trabalhamos a educação ambiental como política pública na região, nós conseguimos apoiar de forma oficial o poder público e as instituições, realizando cada vez mais os nossos programas de educação ambiental marinha, como o Albatroz na Escola, para o ensino formal, e o Coletivo Jovem Albatroz (CJA), para a formação de juventudes para políticas públicas”, explica a coordenadora de educação ambiental do Projeto Albatroz, Cynthia Ranieri.

Devido ao grande envolvimento nos processos da REABS, Cynthia foi escolhida, em 2015, para ser a facilitadora da rede. Seu papel é estimular a participação de todos os elos e representá-los nas reuniões junto a outras redes e demais atividades que a REABS faça parte.

 

REPEA

Atuante no âmbito estadual, a REPEA também funciona de forma igualitária. Foi criada a partir de articulações realizadas na Conferência Eco-92, no Rio de Janeiro (RJ). Sua proposta é fortalecer a educação ambiental no estado de São Paulo. De acordo com Cynthia, a presença do Projeto Albatroz na rede amplia seu raio de atuação e networking. Exemplos disso são a indicação do CJA para trabalhos realizados junto às Áreas de Proteção Ambiental Marinha (APAs) Marinha Litoral Centro e Litoral Sul, a indicação para a suplência do Fundo Brasileiro de Educação Ambiental (FunBea) na Comissão Interinstitucional de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (CIEA), da qual a REABS faz parte, entre outros.

A participação da equipe de educação ambiental do Projeto Albatroz em redes como essa trouxe reconhecimento a seus trabalhos e metodologias próprias no meio da conservação marinha, o que gerou convites para outros colegiados importantes como:

- Rede Praia Limpa

- Plano Estadual de Monitoramento e Avaliação do Lixo no Mar do Estado de São Paulo

- Programa Municipal de Educação Ambiental de Santos

- Projeto Político Pedagógico de Educação Ambiental da Zona Marinha e Costeira do Brasil

d3ee3ce8-83ad-4de6-99b1-5209e1bdeede 590aa51d-422c-4508-8bc1-c2e7b900f744 2de27bce-4460-4351-a694-37e70767ef7a 437a74f8-c659-4a48-889d-4554c9ebc81c 1dae11f2-ffe6-41ac-8da6-028e17855f1d

Leia mais

+ Notícias

noticia

Com colaboração do Projeto Albatroz, ProMEA é lanç...

Programa aponta diretrizes para o trabalho de educação ambiental municipal nos parques e escolas da cidade.Após participar de forma colaborativa das reuniões e d...

27/03/2020 Leia mais
Crédito da foto - Igor Camacho

Atuação do Projeto Albatroz em Cabo Frio gera info...

Com o apoio da Universidade Veiga de Almeida (UVA), e a colaboração voluntária dos pescadores, pesquisadores conseguiram monitorar a captura de aves marinhas pel...

27/03/2020 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais