• Portugues
  • English
  • Spanish

Reunião de monitoria do Planacap em Florianópolis apresenta resultados positivos em prol da conservação marinha

Foto Not?cias_BAAP

O encontro foi dedicado à avaliação das ações previstas e à preparação para a reunião do ACAP, em maio

Membros do Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, representantes do setor pesqueiro e de entidades governamentais como o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Ministério do Meio Ambiente (MMA), se reuniram na primeira semana de abril para a segunda reunião de monitoria da atual versão do Plano Nacional para a Conservação de Albatrozes e Petreis (Planacap).

Realizada em Florianópolis (SC), um de seus principais objetivos era analisar o andamento das 41 ações previstas pelo plano, reestruturado pela última vez em 2017. Outra tarefa importante da reunião foi definir os colaboradores e articuladores de cada ação realizada pelo Planacap, além de elaborar indicadores de efetividade para elas, tendo em vista cada um dos objetivos do plano, como: redução da captura incidental, pesquisas científicas, políticas públicas e educação ambiental.

Um novo trabalho que surgiu a partir da definição de conceitos na reunião de monitoria foi a compilação de todos os compromissos do Brasil nas políticas públicas nacionais e internacionais em prol da biodiversidade e da conservação de albatrozes e petréis. Essa pesquisa resultará em um documento que facilitará o entendimento das ações brasileiras e o manejo das tomadas de decisão pelo membros do Planacap.

Para a coordenadora geral do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, esta foi uma das reuniões de monitoramento mais produtivas que já ocorreram. “Tivemos muitas propostas inteligentes, discussões com conceitos muito bem organizados e definidos e um trabalho com um nível de profundidade admirável”, explica.

BAAP em pleno desenvolvimento

O quarto dia da reunião foi focado na apresentação de uma das ações do Planacap já implementadas e que se encontra em pleno desenvolvimento: o Banco Nacional de Amostras Biológicas de Albatrozes e Petréis (BAAP), do qual o Projeto Albatroz é articulador e que é coordenado em conjunto com o ICMBio.

A bióloga responsável pelo BAAP, Alice Pereira, que também é membro do Projeto, explicou aos presentes a dinâmica de trabalho do banco, seus desafios e também conquistas ao longo do último ano. Foram feitas perguntas sobre o BAAP e sugestões para sua melhoria. Questões sobre parceiros acadêmicos em potencial, que poderiam se beneficiar do intercâmbio de amostras para pesquisas também foram levantadas e encaminhadas para avaliação.

Preparação para a reunião do ACAP

O último dia de reunião de monitoria foi dedicado exclusivamente à preparação para a 11ª Reunião do Comitê Assessor do Acordo Internacional para a Conservação de Albatrozes e Petréis (ACAP) que acontecerá entre os dias 5 e 18 de maio, também em Florianópolis (SC).

Os participantes puderam conhecer todos as pesquisas científicas que serão apresentadas pela comitiva brasileira no evento, bem como as questões que serão discutidas e as estratégias que serão seguidas na reunião. O Projeto Albatroz é representante brasileiro no ACAP e sua coordenadora geral, Tatiana Neves, vice-presidente do comitê assessor do acordo.


Leia mais

+ Notícias

Foto Not?cias_

Em comemoração aos 29 anos, Projeto Albatroz reali...

Kits com camisas promocionais, cadernos, garrafas, adesivos e canetas são alguns dos prêmios oferecidos.Cerca de 90 mil seguidores acompanham o dia a dia do Proj...

01/07/2019 Leia mais
Foto Notícias_ENCOGERCO 4

Coletivo Jovem Albatroz está com inscrições aberta...

No total, há dez vagas abertas para jovens de 18 a 29 anos, moradores da Baixada SantistaAté o dia 4 de julho, jovens de toda a Baixada Santista poderão se inscr...

24/06/2019 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais