Medida que pode zerar a captura de albatrozes está mais próxima de efetivação

HookPod_Foto Noti?cias

O Hook Pod é um protótipo de medida mitigadora para proteção de albatrozes e petréis que vem sendo estudado e aprimorado desde 2013.  Neste período, o equipamento evoluiu e passou por uma grande quantidade de testes e aprimoramentos, com cada vez melhores resultados garantidos cientificamente.  Atualmente, o Hook Pod está em uma segunda fase de teste de protótipo, com uma versão mais simples e econômica para que se torne mais viável de ser adquirida pelos pescadores brasileiros. O principal objetivo do equipamento é zerar a captura de albatrozes pela pesca de espinhel. Promissor, o Hook Pod pode se tornar a principal solução para a captura dessas aves.

No momento, o biólogo Augusto Costa, observador de bordo do Projeto Albatroz está em um cruzeiro de pesca a bordo do Sérvulo I, um barco de pesca de espinhel sob o comando do mestre Celso Rocha.  Augusto está testando a mais recente e aprimorada versão do Hook Pod pela primeira vez com utilização em 100% dos anzóis da pescaria (aproximadamente 1.200). Em testes anteriores, apenas uma parcela dos anzóis eram encapsulados pelo Hook Pod. Graças ao avanço dos testes, pode-se constatar que o equipamento não atrapalha a pescaria, o que trouxe segurança ao mestre da tripulação.

A princípio, a medida era composta de um peso para que a isca afunde mais rapidamente e de uma lâmpada que piscava para atrair a atenção dos peixes, contudo sua principal função sempre foi encapsular a ponta do anzol e a fisga, impedindo que o albatroz seja capturado durante a largada na tentativa de se alimentar da isca. Por influência da pressão, somente a 12 metros de profundidade a ponta do anzol é liberada para que fique disponível e fisgue os peixes alvo da pescaria. A 12 metros de profundidade a isca já não é alcançada pelos albatrozes que mergulham somente na superfície dos oceanos para se alimentar.

Outro grande destaque do Hook Pod é que o equipamento foi recentemente adotado como recomendação no Acordo Internacional para Conservação de Albatrozes e Petréis (ACAP). O aparelho que tem o objetivo de impedir que aves oceânicas ameaçadas de extinção sejam capturadas foi testado pela primeira vez no mundo em condições reais de pesca comercial pelo Projeto Albatroz no Brasil. Hoje também é testado em países como a África do Sul, Austrália e Uruguai, todos membros do mesmo grupo global de observadores de bordo com foco na proteção do albatroz, do qual o Projeto também faz parte: o Albatross Task Force.

Desenvolvido pela empresa Fishtek em parceria com a BirdLife International, o Hook Pod tem seus testes e estudos para a realidade do Brasil  realizados pelo Projeto Albatroz em parceria com o Global Seabird Program (Programa Global para as Aves Marinhas) da BirdLife International, representada pela SAVE Brasil no País, e Royal Society for Protection of Birds (RSPB), por meio do programa Albatross Task Force. Os resultados desses testes no Brasil confirmarão se o atual modelo de Hook Pod está pronto para ser utilizado como uma nova medida mitigadora ou servirão para direcionar o aprimoramento de um próximo protótipo.


Leia mais

+ Notícias

Foto Noti?cias_Gaiato3

Gaiato completa 25 anos de contribuição social par...

A ONG Gaiato faz, em 2017, 25 anos de trabalho com crianças, adolescentes e suas famílias. Localizada no Ipiranguinha, bairro com um dos maiores índices de vulne...

18/09/2017 Leia mais
Foto Noti?cias_ACAP_Nova Zela?ndia

Projeto Albatroz tem cadeira de vice-presidente em...

Entre os dias 11 e 15 deste mês está sendo realizado o 10ª Encontro do Comitê Assessor do Acordo Internacional para Conservação dos Albatrozes e Petréis (ACAP) e...

14/09/2017 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais