Jovens trocam experiências em debates socioambientais

Durante a mostra de resultados do Projeto Nossa Cara – Juventude Caá.içara, o Coletivo Jovem Albatroz participou de debates sobre questões socioambientais. O encontro foi realizado no Circo Teatro Celeste da instituição Gaiato, em Ubatuba-SP e contou ainda com a presença do grupo de jovens Nosso Papel de Futuro do Projeto Tamar. A mostra contou com diversas atrações como mesa redonda, exposições, exibição de filmes e apresentações culturais dos jovens. O evento realizado neste mês evidenciou o comprometimento dos projetos com as causas socioambientais. Todos os projetos envolvidos incluindo o Projeto Albatroz são patrocinados pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

O protagonismo juvenil é uma corrente com muita força. Cada vez mais organizações têm percebido o potencial dos jovens líderes para atuarem como agentes de mudança em suas comunidades. Diante disso, passam a entender o meio ambiente em que estão inseridos e transmitem informações importantes para a sensibilização de populações menos favorecidas. O debate realizado na mostra é um exemplo de atividade que abre espaço e dá voz para novos jovens personagens sobre questões políticas e socioambientais. Por meio da mesa “Juventude e Participação Social: a experiência de jovens protagonistas”, os jovens presentes Yasmin Defacio, Antonieta Mesquita, Beatriz Alves, Tayna Luane e Carlos Alberto compartilharam aprendizados e muitas experiências.

De acordo com Yasmin Defacio, do Coletivo Jovem Albatroz, as trocas proporcionam desenvolvimento profissional e pessoal, além de fomentar as comunidades em que vivem: “Pudemos conhecer outras realidades e compartilhar nossa visão de mundo. Nos acolhemos com a vontade sincera de construir um mundo diferente coletivamente.”, conta.

A expectativa de ações como essa da instituição Gaiato é de que a população compreenda cada vez mais seus direitos socioambientais e culturais. Como líderes nesse processo de sensibilização, os jovens contam com um papel fundamental para o futuro da sociedade. “Sensibilizar  os jovens sobre o consumo consciente e responsabilidade socioambiental abre uma nova perspectiva para a sobrevivência ética de nossa sociedade”, afirma a Mariza Tardelli, coordenadora do Projeto Nossa Cara - Juventude Caá.içara.

Com uma dinâmica colaborativa entre os jovens e educadores, as experiências são enriquecedoras para ambas as partes, pois as discussões, planejamentos e execuções das ações dos projetos são realizadas em conjunto.  Cynthia Ranieri, coordenadora de educação ambiental do Projeto Albatroz, considera que ao coordenar as ações aprende e se alimenta da energia dos jovens que fortalecem o movimento como um caminho para o futuro da conservação do planeta.

Foto Noti?cias_Encontro Juventude Caa?.ic?ara_2

Leia mais

+ Notícias

Foto Noti?cias_Gaiato3

Gaiato completa 25 anos de contribuição social par...

A ONG Gaiato faz, em 2017, 25 anos de trabalho com crianças, adolescentes e suas famílias. Localizada no Ipiranguinha, bairro com um dos maiores índices de vulne...

18/09/2017 Leia mais
Foto Noti?cias_ACAP_Nova Zela?ndia

Projeto Albatroz tem cadeira de vice-presidente em...

Entre os dias 11 e 15 deste mês está sendo realizado o 10ª Encontro do Comitê Assessor do Acordo Internacional para Conservação dos Albatrozes e Petréis (ACAP) e...

14/09/2017 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais