• Portugues
  • English
  • Spanish

IPRAM, Aves Amar e Projeto Albatroz lançam obra inédita sobre reabilitação de albatrozes e petréis

Foto Notícias_Livro Procelariiformes

Publicação contém diretrizes para o resgate e atendimento das aves, orientações sobre biossegurança e pode ser baixado no site do Projeto Albatroz

Contar com informações confiáveis e de profissionais experientes faz a diferença no resgate e cuidados corretos com aves, principalmente albatrozes e petréis, que pertencem à ordem dos Procellariiformes. Pensando em sistematizar o conhecimento e informar as melhores práticas no manuseio destes animais, o Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (IPRAM) e o Projeto Aves Amar em parceria com o Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, elaboraram o livro ‘Reabilitação de Procellariiformes (albatrozes, petréis e pardelas)’, que pode ser consultado gratuitamente neste link. O volume ainda contou com a colaboração do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (CEMAVE), Associação R3 Animal, Fundación Mundo Marino, UC Davis School of Veterinary Medicine, Aquário de São Paulo e apoio do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (IEMA).

A publicação foi construída por dez autores com vasta experiência no estudo e cuidados com estes animais. Entre eles, a médica veterinária e coordenadora de Medicina e Reabilitação do IPRAM, Dra. Renata Hurtado, editora da obra.

O livro traz uma compilação da literatura científica e da experiência pessoal de diversos especialistas em aves marinhas, resultado de muitos anos de trabalho com os Procellariiformes. O público-alvo do livro são os profissionais que estão envolvidos com estas aves, principalmente os graduandos e graduados das áreas de Biologia, Medicina Veterinária e Oceanografia.

“Nossa ideia é tanto fomentar a pesquisa, através da padronização da coleta de dados e das amostras biológicas quanto prover informações específicas sobre manejo de Procellariiformes, contribuindo para um maior sucesso na reabilitação destas aves”, destaca Renata,que é responsável pela edição da obra, ao lado dos médicos veterinários Juliana Yuri Saviolli e Ralph Eric Thijl Vanstreels. O Projeto Albatroz conta com uma publicação virtual sobre a coleta padronizada de amostras. Leia aqui.

Olhar experiente

Com 30 anos de experiência no trabalho com albatrozes e petréis, a fundadora e coordenadora geral do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, contribuiu com seu olhar em dois capítulos importantes.

No ‘Biologia geral e espécies com ocorrência no Brasil’, são descritas as principais aves que podem ser encontradas nos mares do país, seus nomes científicos e as diferenças entre elas. Já no ‘Ameaças à conservação dos Procellariiformes no Brasil’, ela pôde contribuir com seu conhecimento sobre o papel da pesca industrial, poluição e outros entraves à conservação destas aves.

Segundo ela, é fundamental existir uma publicação que oriente profissionais, tanto no atendimento às aves Procellariiformes encontradas nas praias, quantos àquelas que são capturadas incidentalmente por embarcações pesqueiras e, que chegam a bordo ainda com vida. “Considerando que essas são espécies ameaçadas e muito sensíveis, realizar um manejo adequado nessas circunstâncias faz toda a diferença para a sua sobrevivência”, ressalta.

Em consonância com o PLANACAP

A elaboração do livro ‘Reabilitação de Procellariiformes (albatrozes, petréis e pardelas)’ surgiu como o cumprimento de uma das ações descritas no Plano de Ação Nacional para Conservação de Albatrozes e Petréis (PLANACAP), do qual o Projeto Albatroz tem papel de coordenação executiva por meio de Tatiana Neves.

Segundo Renata Hurtado, a ideia de implementar uma ação específica no PLANACAP sobre reabilitação das aves veio do crescente número de albatrozes e petréis resgatados nas praias no litoral brasileiro, e por serem espécies sensíveis e ameaçadas de extinção, necessitam de atendimento especializado para sobreviver. “Melhorando os cuidados em cativeiro, esperamos que as taxas de sobrevivência e soltura seja maior, contribuindo para a conservação destas aves”, completa.

   


Leia mais

+ Notícias

Revista Virtual Amar o Mar - Edicao 3

Amar o Mar: confira a edição especial de aniversár...

Celebrando os 30 anos de história da instituição, edição de aniversário conta com conteúdo exclusivoPublicada anualmente com os principais destaques e conquistas...

13/08/2020 Leia mais
img-1254

Mais de 20 mil pessoas participaram dos programas...

Expansão do Programa Albatroz na Escola e estreia de atividades em formato virtual ajudaram a amplificar a mensagem de conservação marinha para todo o paísNos úl...

04/08/2020 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais