• Portugues
  • English
  • Spanish

Fotos de observador de bordo do Projeto estão expostas em Museu na Nova Zelândia

Rainbow (Arco-íris) foto que conquistou 1º lugar em categoria do concurso

Duas fotos de autoria de Dimas Gianuca, coordenador e observador de bordo da base do Projeto Albatroz em Rio Grande (RS), estão em exposição no Museu da Nova Zelândia “Te Papa Tangarewa”. Essas imagens ficaram nos primeiros lugares do concurso Albatross Photo Competition, promovido pelo próprio Museu.

As imagens foram registradas por Dimas quando ele estava a bordo do “Rainbow”, nome do barco que dá título à foto que ficou em primeiro lugar na categoria  “At sea” e mostra o petrel Pardela-de-óculos (Procellaria aequinoctialis) voando com um evidente Arco-íris ao fundo. “Alway from the hooks” (longe dos anzóis) é a imagem que conquistou o terceiro lugar na categoria “Conservation Message” e mostra o toriline, medida mitigadora desenvolvida pelo Projeto para afugentar as aves marinhas e, assim, evitar que elas tentem comer as iscas dos anzóis e serem fisgadas por eles.

No total, 850 fotos de 100 fotógrafos com albatrozes e petréis em diferentes lugares do mundo foram inscritas no concurso. Dimas concorreu com 10 de suas imagens. Para conferir as outras, é só clicar ao lado: 12345- 67 - 8.

O resultado foi divulgado durante a 5ª Conferência Internacional de Biologia e Conservação de Albatrozes e Petréis, realizada na Nova Zelândia em agosto.  O Projeto Albatroz é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Ambiental.


Leia mais

+ Notícias

Foto Wisdom

Wisdom, a albatroz mais longeva já registrada, ret...

A albatroz-de-Laysan tem mais de 70 anos. Espécie é uma das mais afetadas pela poluição do oceano e ...

15/12/2022

15/12/2022 Leia mais
Planacap

Reunião anual de monitoria do PLANACAP deu destaqu...

Encontro também contou com a participação de um representante do setor pesqueiro, e traçou planos pa...

13/12/2022

13/12/2022 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais