• Portugues
  • English
  • Spanish

Ecoarentena reúne jovens engajados em conservação marinha para reunião virtual

Foto Notícias_Ecoaquarentena

Mais de 25 pessoas de todo o Brasil participaram de conferência via zoom com a participação do Projeto Albatroz

Novos tempos exigem novos formatos. As reuniões sobre conservação ambiental que antes aconteciam em escolas, parques e outros espaços públicos precisaram ser suspensas devido à necessidade de isolamento social. Mas a Ecoarentena, iniciativa da estudante Mayumi Liz, de Cubatão (SP), agora reúne jovens interessados em conservação e meio ambiente e torna esses encontros novamente possíveis. A equipe de educação ambiental do Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, foi convidada na última quinta-feira (23) para se reunir com os jovens via zoom e falar sobre a importância de albatrozes e petréis, aves oceânicas ameaçadas de extinção. e o que cada um pode fazer para conservá-las.

Com ajuda dos integrantes do Coletivo Jovem Albatroz (CJA), as educadoras Thaís Lopes e Beatriz Sant’Anna apresentaram aos participantes a trajetória do Projeto Albatroz, seus feitos nos últimos 30 anos de trabalho, falaram também sobre características da ave, as ameaças a que está sujeita em alto-mar e as medidas que a instituição desenvolve para mitigá-las.

Em uma verdadeira ‘roda de conversa virtual’, os jovens quiseram saber mais sobre as pesquisas e o trabalho técnico desenvolvido pela equipe de cientistas do Projeto, além de curiosidades sobre o comportamento das aves e detalhes sobre como as mudanças climáticas podem impactar em sua sobrevivência.

Na reunião, a educadora ambiental Thaís Lopes, responsável pelo CJA, aproveitou o encontro para falar sobre a história do coletivo, mostrando aos participantes que eles podiam aproveitar o grupo do Ecoarentena para provocar mudanças nos lugares onde vivem, da mesma forma que o CJA.

“Quisemos trazer a reflexão de como eles podem se inspirar dentro dos assuntos que estão aprendendo e das ações que eles estão conhecendo para formular as próprias intervenções nas cidades deles ou como eles conseguem transformar toda esta bagagem em uma ação em prol do meio ambiente”, explica.

Sobre o Ecoarentena

O grupo reúne jovens de todo o país interessados em conhecer iniciativas de educação e conservação ambiental. A ideia surgiu através dea uma curiosidade de Mayumi Liz, de 19 anos, que decidiu usar o ano de 2020 para fazer trabalho voluntário e conhecer mais sobre o meio ambiente antes de ingressar em uma universidade.

Sabendo da afinidade dos adolescentes com as ferramentas de videoconferências, ela decidiu criar o projeto e divulgá-lo em grupos de WhatsApp e outras redes sociais de jovens que, assim como ela, são apaixonados por ciência. Logo o Ecoarentena começou a ganhar novas proporções, conseguindo reunir dezenas de representantes da área ambiental com jovens interessados no assunto por meio de conferências virtuais

“Sei que a minha geração sempre fala muito sobre preservação e conservação do meio ambiente, mas ao mesmo tempo, também vejo minha geração pouco engajada nisso”, reflete Mayumi. “É muito diferente você saber que algumas coisas estão acontecendo e se engajar de verdade naquele assunto”..

Saiba mais sobre a iniciativa e as próximas conferências no instagram @ecoarentena.


Leia mais

+ Notícias

Confer?ncia

6º Conferência Mundial de Aves Marinhas no Twitter...

Membro da equipe técnica apresentou dados inéditos sobre a interação das aves com a pesca de espinhel do sudeste brasileiroÉ fato que a crise gerada pelo novo co...

26/05/2020 Leia mais
Foto Notícias_lixo pl?stico

Impacto da ingestão de resíduos plásticos por alba...

Pesquisa analisa dados do Banco Nacional de Amostras de Albatrozes e Petréis (BAAP) e revela contaminação a nível global nos oceanosUma ameaça significativa para...

29/04/2020 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais