• Portugues
  • English
  • Spanish

6ª Semana do Mar, em Ubatuba, contou com atividades do Projeto Albatroz

Foto Notícias_semana do mar 2

Atividades de capacitação de professores, palestras e IV Encontro Jovem TransforMar fizeram parte da semana de eventos

Em meio às celebrações da Semana do Meio Ambiente, entre os dias 1º e 8 de junho, o Projeto Albatroz aceitou o convite do Projeto Tamar para integrar as atividades da 6ª Semana do Mar, realizada pelo Projeto Tamar em parceria com o Instituto Argonauta e o Aquário de Ubatuba (SP).

A primeira atividade do Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, aconteceu no dia 5 de junho. Em parceria com o Projeto Tamar e os demais organizadores do evento, o projeto realizou uma Capacitação em Educação Ambiental para conservação dos mares e oceanos com o Manual de Educadores da Rede Biomar - formada pelos projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar. A ação, voltada à educadores formais e não-formais reuniu cerca de 40 pessoas, entre professores da rede municipal de Ubatuba, monitores ambientais de unidades de conservação e interessados.

IV Encontro Jovem TransforMar

No dia seguinte (6), teve início o IV Encontro Jovem TransforMar, promovido pela equipe do programa Nosso Papel de Futuro, realizado pelo Projeto Tamar em parceria com o Aquário de Ubatuba e o Instituto Argonauta. O Projeto Albatroz levou integrantes do Coletivo Jovem Albatroz (CJA) para participar do evento, trocar experiências educativas com os participantes e aplicar dinâmicas criadas pela equipe do CJA.

O primeiro dia de evento envolveu os jovens com a apresentação do trabalho dos projetos participantes. O CJA explicou a dinâmica de vida das aves marinhas através do Jogo do Albatroz (game cooperativo de tabuleiro criado por eles) e o painel de envergadura, que permite comparar o tamanho de um albatroz com outras aves já conhecidas como o pombo e o bem-te-vi.

Além disso, realizaram a dinâmica “Compartilha Mundo”, em que o CJA instigou os jovens do evento a refletirem sobre como a publicidade influencia os hábitos de consumo e puderam dialogar sobre o que leva as pessoas a  sentirem vontade de comprar desenfreadamente.

No segundo dia, os participantes fizeram uma saída de campo ao Parque Serra do Mar - Núcleo Picinguaba, onde fizeram trilhas para conhecer os ecossistemas locais e as histórias da região. Uma das trilhas contou com a participação do professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Emiliano Castro de Oliveira, que deu uma aula aberta sobre os processos de formação da geologia da Serra do Mar e também sobre a formação das praias. Em uma atividade rápida, os jovens puderam constatar a presença de pellets (matéria-prima do plástico) presente entre os grãos da areia da praia, localizada dentro do parque - área que, na teoria, deveria ser livre da influencia humana.

O terceiro e último dia de encontro dividiu o grupo em duas atividades: limpeza de praia e sensibilização na Praça da Baleia. O CJA provocou reflexões sobre o consumo exagerado através do ‘Consuma São’, na mesma praça.

Para a responsável pelo Coletivo Jovem Albatroz, Thaís Lopes, o Jovem TransforMar é uma oportunidade para que os jovens troquem experiências e reflitam sobre o papel da juventude nas questões ambientais. “No evento, jovens de diversas vivências e faixas etárias podem trabalhar juntos e trocar conhecimentos sobre o ambiente que habitam”, explica. “Dessa forma, eles podem se espelhar uns nos outros e contribuir ainda mais para a conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos”.

Liga das Mulheres pelos Oceanos

Já no dia Dia Mundial dos Oceanos (8), foi a vez da coordenadora geral e fundadora do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, participar de um bate-papo voltado ao tema. Ao lado de Marina Klink, Paulina Chamorro e Bárbara Veiga, integrantes da Liga das Mulheres pelos Oceanos, falaram sobre a criação do grupo e a mobilização de mulheres das mais variadas formações em torno da conservação marinha.

Tatiana Neves deu seu testemunho sobre sua relação com o mar, contando à plateia sobre a paixão que começou ainda na infância e se estendeu por toda sua vida. Hoje ela é a principal referência no Brasil sobre conservação de albatrozes e petréis e, o Projeto Albatroz, fundado por ela há quase 30 anos, tem 20 de seus 24 colaboradores constituídos por mulheres.

Mar de Letras

Após o bate-papo, aconteceu o ‘Mar de Letras’, encontro sobre livros voltados à riqueza e proteção dos oceanos. A ocasião marcou a sessão de autógrafo dos livros: “Albatroz - Um Projeto pela Vida”, de autoria de Tatiana Neves; “Sete Anos Em Sete Mares: Minha Jornada ao Redor do Mundo em Defesa do Meio Ambiente”, da fotógrafa e ativista ambiental Bárbara Veiga; “Mata Atlântica e Sociobiodiversidade – desafios e caminhos para a sustentabilidade” do fotógrafo e especialista em Patrimônio Ambiental Urbano e Manejo de Áreas Naturais Protegidas, Clayton Lino; e “Contravento - Além da Convergência Antártica”, da fotógrafa Marina Klink.

Foto Notícias_semana do mar Foto Notícias_semana do mar 3 Foto Notícias_semana do mar 4

Leia mais

+ Notícias

whatsapp-image-2019-08-14-at-16-28-09-1-dfsd

Semanas entre ventos fortes e um mar de albatrozes...

O castelo de proa golpeia um vagalhão espalhando um spray de água salgada sobre o convés que protege, enquanto isso a tripulação do Maria colhe o material de pes...

21/08/2019 Leia mais
WhatsApp Image 2019-08-14 at 16.28.09 (1)

Exposição ‘Vida no Mar’, do Dr. Dimas Gianuca, che...

Mostra segue até março do ano que vem com 11 fotografias registradas pelo coordenador científico do Projeto Albatroz em suas expedições de pesquisaApós uma tempo...

14/08/2019 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais