• Portugues
  • English
  • Spanish

6ª Semana do Mar, em Ubatuba, contou com atividades do Projeto Albatroz

Foto Notícias_semana do mar 2

Atividades de capacitação de professores, palestras e IV Encontro Jovem TransforMar fizeram parte da semana de eventos

Em meio às celebrações da Semana do Meio Ambiente, entre os dias 1º e 8 de junho, o Projeto Albatroz aceitou o convite do Projeto Tamar para integrar as atividades da 6ª Semana do Mar, realizada pelo Projeto Tamar em parceria com o Instituto Argonauta e o Aquário de Ubatuba (SP).

A primeira atividade do Projeto Albatroz, patrocinado pela Petrobras, aconteceu no dia 5 de junho. Em parceria com o Projeto Tamar e os demais organizadores do evento, o projeto realizou uma Capacitação em Educação Ambiental para conservação dos mares e oceanos com o Manual de Educadores da Rede Biomar - formada pelos projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Tamar. A ação, voltada à educadores formais e não-formais reuniu cerca de 40 pessoas, entre professores da rede municipal de Ubatuba, monitores ambientais de unidades de conservação e interessados.

IV Encontro Jovem TransforMar

No dia seguinte (6), teve início o IV Encontro Jovem TransforMar, promovido pela equipe do programa Nosso Papel de Futuro, realizado pelo Projeto Tamar em parceria com o Aquário de Ubatuba e o Instituto Argonauta. O Projeto Albatroz levou integrantes do Coletivo Jovem Albatroz (CJA) para participar do evento, trocar experiências educativas com os participantes e aplicar dinâmicas criadas pela equipe do CJA.

O primeiro dia de evento envolveu os jovens com a apresentação do trabalho dos projetos participantes. O CJA explicou a dinâmica de vida das aves marinhas através do Jogo do Albatroz (game cooperativo de tabuleiro criado por eles) e o painel de envergadura, que permite comparar o tamanho de um albatroz com outras aves já conhecidas como o pombo e o bem-te-vi.

Além disso, realizaram a dinâmica “Compartilha Mundo”, em que o CJA instigou os jovens do evento a refletirem sobre como a publicidade influencia os hábitos de consumo e puderam dialogar sobre o que leva as pessoas a  sentirem vontade de comprar desenfreadamente.

No segundo dia, os participantes fizeram uma saída de campo ao Parque Serra do Mar - Núcleo Picinguaba, onde fizeram trilhas para conhecer os ecossistemas locais e as histórias da região. Uma das trilhas contou com a participação do professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Emiliano Castro de Oliveira, que deu uma aula aberta sobre os processos de formação da geologia da Serra do Mar e também sobre a formação das praias. Em uma atividade rápida, os jovens puderam constatar a presença de pellets (matéria-prima do plástico) presente entre os grãos da areia da praia, localizada dentro do parque - área que, na teoria, deveria ser livre da influencia humana.

O terceiro e último dia de encontro dividiu o grupo em duas atividades: limpeza de praia e sensibilização na Praça da Baleia. O CJA provocou reflexões sobre o consumo exagerado através do ‘Consuma São’, na mesma praça.

Para a responsável pelo Coletivo Jovem Albatroz, Thaís Lopes, o Jovem TransforMar é uma oportunidade para que os jovens troquem experiências e reflitam sobre o papel da juventude nas questões ambientais. “No evento, jovens de diversas vivências e faixas etárias podem trabalhar juntos e trocar conhecimentos sobre o ambiente que habitam”, explica. “Dessa forma, eles podem se espelhar uns nos outros e contribuir ainda mais para a conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos”.

Liga das Mulheres pelos Oceanos

Já no dia Dia Mundial dos Oceanos (8), foi a vez da coordenadora geral e fundadora do Projeto Albatroz, Tatiana Neves, participar de um bate-papo voltado ao tema. Ao lado de Marina Klink, Paulina Chamorro e Bárbara Veiga, integrantes da Liga das Mulheres pelos Oceanos, falaram sobre a criação do grupo e a mobilização de mulheres das mais variadas formações em torno da conservação marinha.

Tatiana Neves deu seu testemunho sobre sua relação com o mar, contando à plateia sobre a paixão que começou ainda na infância e se estendeu por toda sua vida. Hoje ela é a principal referência no Brasil sobre conservação de albatrozes e petréis e, o Projeto Albatroz, fundado por ela há quase 30 anos, tem 20 de seus 24 colaboradores constituídos por mulheres.

Mar de Letras

Após o bate-papo, aconteceu o ‘Mar de Letras’, encontro sobre livros voltados à riqueza e proteção dos oceanos. A ocasião marcou a sessão de autógrafo dos livros: “Albatroz - Um Projeto pela Vida”, de autoria de Tatiana Neves; “Sete Anos Em Sete Mares: Minha Jornada ao Redor do Mundo em Defesa do Meio Ambiente”, da fotógrafa e ativista ambiental Bárbara Veiga; “Mata Atlântica e Sociobiodiversidade – desafios e caminhos para a sustentabilidade” do fotógrafo e especialista em Patrimônio Ambiental Urbano e Manejo de Áreas Naturais Protegidas, Clayton Lino; e “Contravento - Além da Convergência Antártica”, da fotógrafa Marina Klink.

Foto Notícias_semana do mar Foto Notícias_semana do mar 3 Foto Notícias_semana do mar 4

Leia mais

+ Notícias

Foto Not?cias_

Em comemoração aos 29 anos, Projeto Albatroz reali...

Kits com camisas promocionais, cadernos, garrafas, adesivos e canetas são alguns dos prêmios oferecidos.Cerca de 90 mil seguidores acompanham o dia a dia do Proj...

01/07/2019 Leia mais
Foto Notícias_ENCOGERCO 4

Coletivo Jovem Albatroz está com inscrições aberta...

No total, há dez vagas abertas para jovens de 18 a 29 anos, moradores da Baixada SantistaAté o dia 4 de julho, jovens de toda a Baixada Santista poderão se inscr...

24/06/2019 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais