• Portugues
  • English
  • Spanish

Prefeitura de Cabo Frio cede área para construção do Centro Albatroz

foto-noti-769-cias-expocb-7

Assinatura oficial do termo de cessão para o centro de visitação aconteceu em 17 de julho, data em que o Projeto Albatroz completa 29 anos de trabalho em prol da conservação marinha

Nove meses após o evento de assinatura do termo em que a Prefeitura de Cabo Frio (RJ) afirmou a intenção de ceder um terreno para o Centro Albatroz de Visitação e Educação Ambiental Marinha, o projeto de lei nº 179/2019 que confirma a doação do empreendimento foi aprovado pela câmara de vereadores no último dia 9. O termo de doação foi assinado pelo prefeito da Cidade, em 17 de julho, no Terminal Transatlântico de Cabo Frio, com a presença de autoridades do município e também representantes do Instituto Albatroz, que mantém o Projeto Albatroz e conta com o patrocínio da Petrobras. Neste dia, o Projeto comemorou 29 anos de trabalho em prol da conservação marinha.

Para a solenidade de assinatura do termo de doação da área esteve presente o prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, entre outras autoridades do município, além de Tatiana Neves e parte sua equipe. A área cedida tem mais de 18 mil m² e fica na Avenida Wilson Mendes, ao lado do Parque Ecológico Municipal Dormitório das Garças e da Lagoa de Araruama. No local, será construído um centro com o principal objetivo de disseminar a educação ambiental marinha, onde os visitantes poderão conhecer a biologia e as características dos albatrozes e petréis, grupo de aves mais ameaçadas do planeta.

No espaço, também serão realizadas exposições tecnológicas, atividades socioambientais e culturais para o público local e turístico da região. De acordo com a coordenadora geral e fundadora do Projeto Albatroz Tatiana Neves, o objetivo do Centro Albatroz além de gerar empregos e colaborar para o desenvolvimento sustentável da região é também criar uma área que envolva o público, valorizando a cultura salineira e pesqueira, tão importantes para a Cidade.

Para Tatiana Neves, é emocionante ver o sonho do centro de visitação sair do papel depois de tantos anos. "Construir um centro de visitação e educação ambiental marinha em Cabo Frio, uma das mais belas regiões da costa do Brasil, é um sonho para nós. Poder mostrar a beleza das espécies e ambientes marinhos e fazer as pessoas perceberem a importância da conservação dos oceanos por meio de ferramentas lúdicas como exposições, jogos e muita interatividade, é uma de nossas mais nobres tarefas".

Aproximar as aves das pessoas é parte fundamental da sensibilização em prol da conservação marinha, ela defende. Essas aves vivem a quilômetros da costa, em alto-mar, e se reproduzem em ilhas subantárticas. Ainda de acordo com ela, Cabo Frio é uma região estratégica para o trabalho do Projeto Albatroz. Recentemente mais de 300 albatrozes-de-nariz-amarelo foram avistados na região da costa do Rio de Janeiro, o que inspira a instituição a trabalhar cada vez mais em prol da sobrevivência dessas aves.

A fim de sinalizar a área que abrigará o centro de visitação, em breve será instalada uma pedra fundamental e um outdoor anunciando a obra, com face para a Avenida Wilson Mendes.


Leia mais

+ Notícias

Dimas Gianuca (11)

No dia das aves, um pouco sobre as aves marinhas e...

Quando qualquer pessoa pergunta o que é uma ave marinha, o que vem à mente da maioria das pessoas é uma gaivota, ave comum em todas as praias e costas do mundo. ...

05/10/2020 Leia mais
Foto Noti?cias_Planacap confere?ncia virtual

Reunião anual de monitoria do PLANACAP é realizada...

Criado em 2006 como objetivo de colocar em prática estratégias de conservação específicas para albatrozes e petréis que sobrevoam águas brasileiras e se alimenta...

23/09/2020 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais