Ajude o ATF e o Projeto Albatroz a realizarem um importante experimento científico

Fabiano Peppes Projeto Albatroz Captura 3 (876 x 584)

O grupo Albatroz Task Force (ATF), representado no Brasil pelo Projeto Albatroz, está captando doações para complementar 1/4 dos recursos que faltam para a realização de um importante experimento científico. O teste irá medir a eficiência de novas tecnologias (HookPod e luzes de LED reutilizáveis) para evitar a captura de albatrozes e petréis e para substituir um material descartável usado pelos pescadores para atrair peixes, com o objetivo de diminuir a poluição nos mares.

Acesse aqui a campanha, em inglês, e colabore para a conservação destas magníficas aves e da biodiversidade marinha. 

No Brasil acumulamos 25 anos de trabalho pela vida destas aves e muito esforço também é realizado internacionalmente, com apoio e dedicação de diversos profissionais e instituições. Para financiar o experimento, nesse momento nós possuímos 15 mil libras ($19,440), mas agora precisamos de ajuda para levantar mais 5370 libras ($6960).

Os Hook Pods e as luzes de LED reutilizáveis podem reduzir a poluição nos mares e as mortes de albatrozes?

Sobre esse projeto

Todos os dias ao redor do mundo albatrozes em risco de extinção e outras espécies marinhas se veem ameaçadas pela pesca de espinhel. Por causa disso, queremos utilizar a frota brasileira como piloto de testes de uma nova tecnologia denominada Hookpods, projetada para esconder os anzóis para que não possam ser ingeridos pelas aves. Também gostaríamos de testar luzes de LED reutilizáveis, substituindo os bastões luminosos descartáveis, utilizados durante a pescaria para atrair a atenção dos peixes. Com essa medida queremos ajudar a diminuir a poluição nos mares causada pelos dejetos desses bastões, que são descartados nos oceanos em altas quantidades todos os dias.

Contexto da pesquisa

 Historicamente o Brasil sempre teve uma alta taxa de mortalidade de aves marinhas causada pela pesca de espinhel. Infelizmente, os métodos de mitigação atuais não conseguiram reduzir suficientemente o número de aves mortas. Queremos desenvolver novos métodos para reduzir o numero de capturas incidentais de maneira mais eficaz, como pode ser visto em lugares como a África do Sul por exemplo, onde houve uma queda de 99% na mortalidade de Albatrozes em 2014.

O Hookpod “encapsula” e esconde o anzol por uma profundidade que varia entre 10 e 100 metros (de acordo com as características da espécie marinha e a localidade da pesca) e evita que a isca fique disponível na superfície e atraia as aves oceânicas (muitas vezes, ao tentar comer as iscas, elas ficam presas nos anzóis e morrem afogadas). Como é sensível à pressão, o aparelho desarma e libera o anzol com a isca. Também possui uma luz que funciona com uma bateria, usada para atrair peixes grandes, como atum e meca, principais alvos da pesca de espinhel.

Importância deste projeto

15 de 22 espécies de albatrozes estão ameaçadas de extinção . Uma das principais causas disso é pesca de espinhel. Estima-se que pelo menos 160.000 aves marinhas são mortas anualmente por essa modalidade. No Brasil, a pesca de atum é uma grande ameaça para estas aves. Para que possamos diminuir cada vez mais essa taxa de mortalidade, são necessárias novas medidas.

Em testes anteriores com o Hookpod, o equipamento se rompeu possivelmente porque foi submetido a profundidade e pressão maiores que o esperado. Além disso, sua bateria durou pouco. Esta nova versão tentará superar os incidentes, melhorando sua eficácia.

Objetivos

O principal objetivo do teste é avaliar o desempenho do Hookpod na pesca de espinhel comercial brasileira. Os objectivos específicos incluem medir as taxas de mortalidade e de ataques das aves marinhas, além da taxa de captura de espécies alvo e a velocidade de imersão dos Hookpods de 45g.  Já as luzes de LED reutilizáveis serão testadas contra os bastões luminosos descartáveis para medir sua eficácia, durabilidade e facilidade de uso.

Os resultados desse teste serão reportados para a ACAP (Acordo para a Conservação de Albatrozes e Petréis) na reunião do seu grupo de trabalho em 2017. Se os testes forem bem sucedidos, a implementação dessas novas tecnologias deve acarretar em uma queda significativa da mortalidade destas aves e também na redução da poluição nos mares.

Orçamento

Nesse momento nós possuímos 15 mil libras ($19,440) para financiar esse projeto, mas ainda precisamos levantar mais 5370 libras ($6960), ou seja, o equivalente a ¼ do orçamento inteiro do projeto. Os Hookpods e as luzes de LED são os dois itens a serem testados no experimento. Ambos são fabricados no Reino Unido, por isso também temos os custos de envio e impostos sobre importação brasileiros, o que faz necessário essa arrecadação para que possamos completar o projeto com sucesso .

 

Colaborou para o texto: André Vasconcelos


Leia mais

+ Notícias

Foto Noti?cias_Cambridge_Task Force_Julho 2

Conheça os estudos que o Projeto Albatroz vem real...

No último mês, toda a equipe técnica do Projeto Albatroz se reuniu em Cambridge, na Inglaterra, com seu apoiador internacional BirdLife International para aprese...

03/08/2017 Leia mais
Foto Noti?cias4

Oficina de Ninhos ensina sobre cuidado parental do...

A importância da atividade Oficina de Ninho como uma proposta de educação ambiental vai bem além de uma simples brincadeira. Essa atividade estimula na criança v...

02/08/2017 Leia mais

+Projeto
Albatroz

Seja um voluntário

Leia mais